Corinthians apresenta caras novas com mais um título no feminino


Entra ano, sai ano e o Corinthians segue protagonista do futebol feminino no Brasil. No domingo (13), a vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, na Neo Química Arena, em São Paulo, com gol da meia Gabi Zanotti aos 48 minutos do segundo tempo, deu às alvinegras o título da primeira edição da Supercopa do Brasil. Além de arrebatar o 11º troféu (em 14 finais) desde 2016, quando o projeto foi retomado, o Timão apresentou à torcida algumas das caras novas da temporada 2022.

O clube anunciou sete reforços para brigar pelos tetracampeonatos paulista, brasileiro e da Libertadores: a goleira Lelê, a zagueira Andressa, a lateral Paulinha, as meias Mariza e Liana Salazar e as atacantes Jaqueline e Mylena. Paulinha, Jaqueline e Salazar estiveram em campo na Supercopa, sendo que a última foi titular nas três partidas, balançando as redes no 2 a 0 sobre o Real Brasília, na quarta-feira passada (9), na Arena Barueri.

“Elas [reforços] estão entendendo o trabalho e se dedicado muito nos treinos. São meninas talentosas. Conseguimos nos reforçar em todas as posições. Precisamos de um pouco mais de tempo, obviamente”, comentou o técnico Arthur Elias em entrevista coletiva.

Outro destaque foi a meia Ellen, de 18 anos, que se tornou a primeira jogadora da base a defender a equipe principal do Corinthians ao substituir Gabi Zanotti contra o Real Brasília. Ela também atuou na final, entrando na vaga da meia Tamires. A goleira Rillary, mais uma formada no clube, foi opção no banco diante do Grêmio, após a titular Kemelly se contundir durante o aquecimento e dar lugar a Paty.

“A Ellen tem uma projeção interessante e a estamos subindo. Ela está longe de estar pronta, mas o trabalho é construído assim. Eu, como treinador, preciso ter coragem e inteligência de usar esses momentos para todas que estão comigo”, disse Arthur.

Os reforços foram contratados para suprir as baixas em relação à temporada passada. As zagueiras Poliana (São José-SP) e Pardal (São Paulo), a volante Ingryd (Ferroviária), a meia Andressinha (Palmeiras) e as atacantes Cacau (São Paulo) e Vic Albuquerque (Madrid CFF, da Espanha) deixaram o Timão em dezembro.



AGÊNCIA EBC

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on print
Print