Palmeiras bate Santos e deslancha em 1º lugar no Grupo C do Paulistão


O Palmeiras levou a melhor no clássico contra o Santos, ao vencer em 1 a 0, no Allianz Parque, na 11ª e última e penúltima rodada da fase classificatória do Campeonato Paulista. O jogo foi definido nos acréscimos do primeiro tempo, com pênalti convertido pelo meia Raphael Veiga. O lance que originou o pênalti, uma falta do zagueiro Emiliano Velázquez causou a expulsão do defensor  e o  Santos atuou com um jogador a menos durante todo o segundo tempo.  

Com o triunfo desta noite, o Alviverde – já classificado às quarta de final do Paulistão –  deslanchou ainda mais na liderança do Grupo C, com 26 pontos, nove a frente do Mirassol (17).  Já o Peixe, comandado por Fabián Bustos, dependerá da última rodada para tentar a classificação. O Peixe ocupa a terceira posição no Grupo D, com 10pontos, a apenas dois do vice-lider Santo André (12). Em primeiro da chave está o Bragantino, com 19.  

Diante de público superior a 38 mil pessoas no Allianz Parque, o Verdão pressionou o Peixe desde os primeiros minutos. O Santos resistiu como pôde, com boa marcação no meio de campo. Mesmo com mais domínio de bola, e insistir em jogadas pelas laterais de campo, o gol de João Paulo foi pouco ameaçado. Aos 23 minutos, a  primeira chance real de gol foi do Peixe, com Ricardo Goulart que testou uma bola venenosa para o chão que parou no goleiro Weverton.  O Verdão respondeu no ataque,  mas João Paulo fechou o gol por duas vezes: numa cabeçada de Gustavo Gómez e um chute de Rafael.  

Já nos acréscimos, após rebote de um chute do meia alviverde Zé Rafael, o zagueiro Velázquez cometeu pênalti, após acertar o peito de Kuscevic dentro da área, e como já recebera minutos antes um cartão amarelo – por chutar Rony na cabeça – o defensor acabou expulso.  O meia Raphael Veiga cobrou com precisão  no canto direito, sem chances para o goleiro João Paulo, e colocou o Verdão na frente do placar.  

Na volta do intervalo, o Verdão desperdiçou uma chuva de gols. Já nos primeiros cinco minutos: primeiro Dudu bateu cruzado e na sequência Rony desviou para o gol, mas errou. Depois foi o lateral esquerdo Jorge, numa linda jogada individual pela esquerda. Ele se livrou de três marcadores, mas não ganhou do goleiro João Paulo, que salvou o Santos mais uma vez. O Palmeiras seguiu dominando a partida, mas errou nas finalizações. Já nos minutos finais, o Peixe quase empatou com um chute de Gabriel Pirani, mas desta vez foi o goleiro Weverton que brilhou.

São Paulo goleia Mirassol fora de casa

O domingo (13) foi feliz para a torcida do Tricolor paulista que viu o time golear o Mirassol fora de casa por 3 a 0, na 11ª rodada e penúltima rodada da fase classificatória do Campeonato Paulista.  Os gols foram marcados Reinaldo, de pênalti, Rigoni  e Toró. Com o triunfo, o São Paulo lidera o grupo B, com 20 pontos, e não pode mais ser alcançado pelos demais times da chave. No sábado (12), o Tricolor já garantira a classificação às quartas de final, após a derrota da Ferroviária (Grupo B) para o Guarani (Grupo A).  Apesar da derrota, o Mirassol é vice-líder do grupo B, com 17 pontos, atrás apenas do Palmeiras. 





AGÊNCIA EBC

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on print
Print