Jornalista da TV Brasil agredido em condomínio sai da UTI


O produtor da TV Brasil Wahby Khalil agredido no condomínio onde mora, na última quinta-feira (17), deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) hoje (21). Ele continua internado no hospital Santa Lúcia, em Brasília. Segundo o boletim médico, o quadro geral do jornalista “é estável e sem agravamentos”. No sábado, ele foi submetido a uma cirurgia odontológica, que ocorreu sem problemas.

Khalil levou um soco no rosto de um morador do condomínio após uma discussão na academia do prédio. O agressor, o professor de educação física e instrutor de artes marciais Henrique Paulo Sampaio Campos, discutiu com a vítima sobre um saco de pancada instalado na academia do condomínio.

O jornalista, que é síndico do prédio, tinha ido ao local informar que o saco de pancada deveria ser retirado porque estava provocando rachaduras no teto. Durante a discussão, Henrique desferiu-lhe um soco. Ao ser atingido, Khalil caiu e bateu a cabeça no chão. Todo o ocorrido foi registrado pela câmera de segurança da academia do condomínio.

Instituições ligadas à administração de condomínios pediram punição ao agressor e sua exclusão do Conselho Regional de Educação Física (Cref).

Questionado pela reportagem, o Cref do Distrito Federal afirmou não ter, até o momento, uma posição oficial sobre o ocorrido.

Já a Polícia Civil informou que “não se manifesta sobre investigação em andamento para não prejudicar as apurações”.



AGÊNCIA EBC

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on print
Print