Vereadora Andrea Soraia comenta sobre lei do vale alimentação que fez aniversario de 1 ano, e até agora não foi feito nenhum repasse para os funcionários públicos de Paulo Frontin

O vereador Fabiano (Mano) no uso livre da palavra comentou sobre a lei municipal que da direito a um vale alimentação no valor de R$150,00, no entanto até o momento nada foi pago aos funcionários, Mano ainda comentou que agora estão “lidando” com um cartão para dar o vale alimentação, mas a licitação deu deserta. A vereadora Andrea comentou em seguida que a lei 1275 que é de iniciativa do executivo de Paulo Frontin fez aniversário, ou seja completou um ano no dia 10 de junho de 2022. O presidente da câmara, vereador Crispim explicou que licitação deserta significa que não apareceu interessados em confeccionar o cartão, mas completou dizendo que não precisa de cartão, basta entrar em consenso e depositar o valor direto na conta do funcionário, Crispim ainda alertou que como faz um ano que a lei existe, os funcionários tem direito nesse valor, e podem inclusive requerer na justiça, o que traria um grande transtorno para o município. Crispim também criticou o excesso de funcionários comissionados.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on print
Print