Maiores de 45 anos já podem 4ª dose contra covid-19 em São Paulo


A partir desta quarta-feira (22), a cidade de São Paulo começa a aplicação da segunda dose de reforço – 4ª dose – contra covid-19 em pessoas acima de 45 anos, desde que tenham recebido a a 3ª dose há pelo menos quatro meses. A população desta faixa etária também poderá se vacinar contra a gripe.     

A ampliação da segunda dose adicional (DA2) para a população com idade entre 40 a 49 anos, ocorrerá de forma escalonada na capital. Ao todo, 1.020.863 acima de 45 anos estão elegíveis para a DA2, sendo cerca de 500 mil com idades entre 45 e 49 anos. A cidade tem doses e insumos suficientes para vacinação dos novos grupos anunciados, segundo a prefeitura. Para quem tem 50 anos ou mais, a DA2 também está disponível.  

Para receber a terceira dose adicional – 5ª dose – estão aptas pessoas com alto grau de imunossupressão, com 50 anos ou mais, e pelo menos quatro meses da última dose. 

Cobertura vacinal 

Até o momento, foram aplicadas 32.459.295 doses de vacina contra a covid-19 na capital, sendo 11.8006.839 primeiras doses (D1), 11.147.647 segundas doses (D2), 364.343 doses únicas (DUs), 7.489.111 primeiras doses adicionais (DA1) e 1.651.355 segundas doses adicionais (DA2).

A cobertura vacinal da população com mais de 18 anos está em 110,4% para D1, em 107% para D2, em 79,5% para DA1 em 65,6% para DA2. 

Em adolescentes de 12 a 17 anos, foram aplicadas 980.467 D1, representando uma cobertura vacinal de 116,2%. Também foram aplicadas 884.583 D2, com 104,8% de cobertura, além de 153.220 DA. 

Em crianças de 5 a 11 anos foram aplicadas 996.052 D1, representando uma cobertura vacinal de 92%, e 748.452 D2, alcançando 69,1% dos elegíveis. 

Para ver a lista completa dos postos podem ser encontradas na página do Vacina Sampa



AGÊNCIA EBC

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on print
Print