Polícia prende suspeitos do assassinato de radialista em Canoinhas

Duas pessoas suspeitas pela morte do jornalista e radialista Paulo Ricardo Ferreira, de 34 anos, encontrado em uma vala no dia 24 de julho, em Canoinhas, no Norte de Santa Catarina, foram presas Polícia Civil nesta quarta-feira, 3. Outra pessoa foi presa pelo crime de receptação. A ação foi realizada em conjunto com a Agência de Inteligência do 3º BPM. As investigações conseguiram determinar os locais que a vítima frequentou e os trajetos utilizados no deslocamento pela área urbana de Canoinhas na madrugada do crime.

Com as informações, a polícia identificou o momento exato em que a vítima, na região central da cidade, encontrou os dois suspeitos do crime. Os dois suspeitos embarcaram no veículo da vítima veículo sentido Centro De Exposições, onde foi encontrado o corpo do jornalista. Com as imagens de câmeras de vídeo-monitoramento e outras técnicas, os suspeitos foram identificados e pedido a expedição de mandados de busca e apreensão ao Poder Judiciário.

Conforme a investigação, a motivação do crime é “eminentemente patrimonial”. As informações da polícia indicam que “não há duvidas de que a dupla suspeita estava perambulando pelas ruas da região central de Canoinhas com a finalidade de encontrar uma vítima para o cometimento de crimes patrimoniais”.

Com informações VVale

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on print
Print