Rádio Juliano Luz

Libertadores Feminina: Ferroviária bate paraguaias e vai à semifinal


Atual campeã, a Ferroviária segue viva na busca pelo terceiro título da Libertadores Feminina. Nesta sexta-feira (12), as Guerreiras Grenás se classificaram às semifinais da competição ao derrotarem o Cerro Porteño (Paraguai) por 3 a 0 no estádio Arsenio Erico, na capital paraguaia Assunção, pelas quartas de final.

As paulistas aguardam quem avançar entre Avaí/Kindermann e Santa Fe (Colômbia), que se enfrentam a partir das 20h (horário de Brasília) desta sexta, também no Arsenio Erico. A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) ainda não confirmou o dia, o horário e o local da partida. Se a equipe catarinense derrotar a colombiana, o Brasil garante, pelo menos, um representante na final do próximo dia 21.

O primeiro tempo foi dominado pela Ferroviária, apesar de as paulistas demorarem a transformar a superioridade em vantagem no placar. Aos cinco minutos, a meia Rafa Mineira lançou Raquel na área pela esquerda. A atacante deslocou a goleira Gloria Saleb, mas chutou rente à trave. Aos 34, a atacante Laryh recebeu pela direita, também na área, mas pegou muito embaixo da bola e mandou por cima. Aos 45, enfim, o gol saiu. A lateral Carol Tavares cruzou pela direita e a meia Patrícia Sochor, na pequena área, completou de cabeça.

As redes do Cerro voltaram a balançar logo aos quatro minutos da etapa final. Raquel invadiu a área pela esquerda e acertou a trave. No rebote, Laryh se antecipou à defesa e ampliou a vantagem grená. Aos 21, Carol Tavares roubou a bola na intermediária pela direita e levantou na área. Livre, Sochor desviou de cabeça, sem precisa saltar, surpreendendo Saleb para marcar o terceiro e definir o marcador. O quarto só não saiu aos 27 minutos porque o chute de Rafa Mineira, de fora da área, parou no travessão.

Neste sábado (13), às 20h, o Corinthians busca vaga na semifinal. Bicampeãs da América, assim como a Ferroviária, as Alvinegras encaram o Alianza Lima (Peru) no estádio Manuel Ferreira, em Assunção. Quem vencer enfrenta o ganhador entre Deportivo Cali (Colômbia) e Nacional (Uruguai), que duelam mais cedo, às 17h30, no mesmo local.





Agencia EBC