Rádio Juliano Luz

Rio continua com tendência de chuva


O tempo hoje (29) no estado do Rio de Janeiro se mantém encoberto ainda com condições de chuvas fracas e isoladas. De acordo com o meteorologista Almerindo Marinho, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a tendência para o fim de semana é de “céu com muitas nuvens e ainda possibilidade de chuva isolada em todo estado, principalmente, na região do Vale do Paraíba, no centro-sul do estado e áreas serranas”.

No sul do estado, o município de Resende ainda se recupera da chuva forte que começou a cair na tarde de quarta-feira (27) e provocou alagamentos em vários bairros e transbordamento em dois rios. As informações são de que ainda há 26 adultos e 8 crianças abrigados em uma escola estadual. Outros 12 adultos e seis crianças que estavam desalojados já voltaram para casa.

Ontem foi enterrado um homem que foi arrastado dentro do carro pela enxurrada. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o chamado para o atendimento na Estrada de Vargem Grande, localidade de Agulhas Negras, ocorreu na quarta-feira, às 22h18. Quando os bombeiros chegaram, Sidney Guimarães Costa, de 34 anos, já estava morto..

A Academia Militar de Agulhas Negras (Aman) também sofreu impactos causados pela chuva forte. O portão principal ficou alagado com o transbordamento do Rio Alambari e o acesso foi bloqueado por questão de segurança.

Chuvas no Rio de Janeiro/ Aman - Academia Militar de Agulhas Negras

Área da Aman foi limpa de manhã e liberado à tarde – Divulgação 

Segundo a assessoria de imprensa da Aman, o transbordamento provocou alagamentos também nas regiões da Avenida do Exército, conhecido como o Retão da Aman e na área dos parques dos cursos, atingindo o Campo de Marte. “O Retão da Academia foi limpo na manhã de hoje e liberado às 13h30. O mesmo ocorreu nas áreas dos parques dos cursos, que passaram por uma ampla limpeza para a retirada de barro”, informou a assessoria.

Dados do Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais do Rio de Janeiro (Cemaden-RJ), atualizados às 8h de ontem (28), indicam que em 24 horas choveu o acumulado de 118 mm.

O meteorologista disse que a chuva foi resultado da chegada de uma frente fria. “A chuva que ocorreu em Resende foi ocasionada por uma área de instabilidade associada à aproximação de uma frente fria. As temperaturas devem permanecer amenas no fim de semana”, informou Almerindo Marinho à Agência Brasil.



Agencia EBC